O essencial é invisivel aos olhos, só se vê bem com o coração! S.E.

Quem sou eu:
Nome: Simone
Idade: 3 décadas
Onde moro: Quirinópolis-GO
Defeito: Timidez
Qualidade: Docilidade
Detesto: Injustiça
Religião: Coração
Amigos: Uma das belezas da vida
Uma frase: "Na busca exagerada de ter, o homem esquece de ser."

Sobre Olhares e Palavras:

Que minha alma Sorria por meio destes escritos! Que minha alma Grite terra a vista sempre que tiver vontade! Que minha alma não tenha medo Dizer a verdade em meio as injustiças dos maus! Que minha alma Pinte quando não conseguir expressar em Palavras! Que OlharesePalavras seja um lugar de Paz!



Eu na Internet:
- Assunto de Mulher
- Tamashii
- E-mail/MSN: Simone
- ICQ/UIN: 48184725
- Eu no Orkut
 


Blogs que eu leio:
- André - That was a perfect day
- ÅNGELLUS
- Assunto de Mulher
- Cafofo da Mieko
- Caminhando Com As Palavras
- Cantinho da Bobozinha
- Conjecturas Mentais
- Diário de Uma Mãe
- Dona Baratinha
- Don't Worry! Be happy!
- E o Gato Comeu...
- Ecos da Mente
- Família Linda
- Fanta Grape Fruit
- Leitores Escassos
- .: l.o.v.e.l.y.g.i.r.l :.
- Mario Sergio
- Marmota, mais dos mesmos
- Mesa do Bar
- Mundo Foderoso
- No Armário da Ca
- O Meu Caminhar
- O Pecado Mora ao Lado
- Pensar Enlouquece
- Poesias & Doces Canções
- Ramses Séc XXI
- Rabiscando
- Raquel Belchior
- RevelAÇÕES
- Seaprincess
- Seu Amor Ainda é tudo 2
- Sodoma
- Sonhos & Paixões
- Tamashii
- Túlio Di Bão
- Vida de Barman
- Virunduns

 Outros sites:
- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis

Histórico:
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006

Vote aqui:
- Dê uma nota para meu blog

Dá uma indicadinha...


Visitantes até hoje:

Tempo sudeste:


Layout:
Ana Katia


O que é isto?

Créditos:



Aceitando os paradoxos

 

Recebi esse texto do Paulo Coelho do meu noivo Gilson, adorei e partilho com vocês:

 

     "É curioso", comenta o guerreiro da luz consigo. "Encontrei tanta gente que - na primeira oportunidade - tenta mostrar o pior de si. Esconde a força interior atrás da agressividade; disfarça o medo da solidão com o ar de independência. Não acredita na própria capacidade, mas vive pregando aos quatro ventos suas virtudes.”
     O guerreiro lê estas mensagens em muitos homens e mulheres que ele conhece. Nunca se deixa enganar pelas aparências, e faz questão de permanecer em silêncio quando tentam impressioná-lo. Mas usa a ocasião para corrigir suas falhas - já que as pessoas são sempre um bom espelho.
      Um guerreiro aproveita toda e qualquer oportunidade para ensinar a si mesmo, e admitir suas contradições.
Paciência x Rapidez
     Um guerreiro da luz precisa de paciência e rapidez ao mesmo tempo. Os dois maiores erros de uma estratégia são: agir antes da hora, ou deixar que a oportunidade passe longe.
      Para evitar isto, o guerreiro trata cada situação como se fosse única, e não aplica fórmulas, receitas, ou opiniões alheias.
      O califa Moauiyat perguntou a Omar Ben Al-Aas qual era o segredo de sua grande habilidade política:
     “Nunca me meti em assunto sem ter estudado previamente a retirada; por outro lado, nunca entrei e quis logo sair correndo”, foi a resposta.
Perdoar x Aceitar
     Um guerreiro da luz sempre mantém o seu coração limpo do sentimento de ódio. Para conseguir isso, precisa perdoar.
      Quando caminha para a luta, não esquece as palavras de Cristo: " amai vossos inimigos".
      E o guerreiro obedece, mas sempre lembrando que Cristo não disse: “gostai de vossos inimigos”.
      O ato de perdoar não o obriga a aceitar tudo. Um guerreiro não pode abaixar a cabeça - senão perde de vista o horizonte de seus sonhos.
Descansar x Agir
     No intervalo do combate, o guerreiro descansa.
      Muitas vezes passa dias sem fazer nada, porque seu coração exige.
      Mas sua intuição permanece alerta. Ele não comete o pecado capital da Preguiça, porque sabe onde ela o pode conduzir: à sensação morna das tardes de domingo, onde o tempo passa - e nada mais.
      O guerreiro chama isto de "paz de cemitério". Lembra-se de um trecho do Apocalipse: te amaldiçôo porque não és frio nem quente. Oxalá fosses frio ou quente! Mas, como és morno, eu te vomitarei de minha boca.
      Um guerreiro descansa e ri. Mas está sempre atento e pronto para agir.
Anjo x Demônio
     Um guerreiro sabe que um anjo e um demônio disputam a mão que segura a espada.
      Diz o demônio: "você vai fraquejar. Você não vai saber o momento exato. Você está com medo."
     Diz o anjo: "você vai fraquejar. Você não vai saber o momento exato. Você está com medo".
      O guerreiro fica surpreso. Ambos disseram a mesma coisa.
      Então o demônio continua: "deixa que eu te ajude".
      E diz o anjo: "eu te ajudo".
      Nesta hora, o guerreiro percebe a diferença. As palavras são as mesmas, mas os aliados são diferentes.
      Então ele dedica sua vitória a Deus. E, com a confiança dos valentes, escolhe a mão de seu anjo.
Acreditando em sinais
     O guerreiro da luz conhece a importância de sua intuição.
      No meio da batalha, ele não tem tempo para pensar nos golpes do inimigo - então usa seu instinto, e obedece ao seu anjo. Nos tempos de paz, ele decifra os sinais que Deus lhe envia.
      As pessoas dizem: "está louco".
      Ou então: "vive num mundo de fantasia".
      Ou ainda:" como pode confiar em coisas que não tem lógica?"
     Mas o guerreiro sabe que a intuição é o alfabeto de Deus, e continua escutando o vento e falando com as estrelas.
Acreditando em amor
     Para o guerreiro, não existe amor impossível. Ele não se deixa intimidar pelo silêncio, pela indiferença, ou pela rejeição. Sabe que atrás da máscara de gelo que as pessoas usam, existe um coração de fogo.
      Por isso o guerreiro arrisca mais que os outros. Busca incessantemente o amor de alguém - mesmo que isto signifique escutar muitas vezes a palavra "não", voltar para casa derrotado, sentir-se rejeitado em corpo e alma.
      Um guerreiro não se deixa assustar quando busca o que precisa. Sem amor, ele não é nada.
Acreditando em negociação
     Um guerreiro da luz nem sempre pode escolher o seu campo de batalha. Às vezes é colhido de surpresa, no meio de combates que não desejava; mas não adianta fugir, porque estes combates o seguirão.
      Então, no momento em que o conflito é quase inevitável, o guerreiro conversa com seu adversário. Sem demonstrar medo ou covardia, procura saber porque o outro quer a luta; que coisas o fizeram sair de sua aldeia e procurá-lo para um duelo. Sem desembainhar a espada, o guerreiro o convence que aquele combate não é seu.
      Um guerreiro da luz escuta o que seu adversário tem a dizer. E só luta se for necessário.
      Mas, se não tiver outra alternativa, ele não pensa em vitória ou derrota: leva o combate até o final.
Acreditando na perseverança
     O guerreiro da luz nunca esquece o velho ditado: o bom cabrito não berra.
      As injustiças acontecem. Também ele de repente se vê envolvido em situações que não merecia, em momentos que não tem condições de se defender.
      Nestas horas, o guerreiro fica em silêncio. Não gasta energia em palavras, porque elas não podem fazer nada; é melhor usar as forças para resistir, ter paciência, e saber que Alguém está olhando. Alguém que viu o sofrimento injusto, e não se conforma com isto.
      Este Alguém dá ao guerreiro o que ele mais precisa: tempo. Cedo ou tarde, tudo voltará a tabalhar a seu favor.
      Um guerreiro da luz é sábio; Não comenta suas derrotas.
 

- Postado por Simone às 17h47
-
- Enviar esta mensagem

___________________________________________________